Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

Tem de haver algo que nos faça sentir vivos

Tem de haver algo de belo em levantarmo-nos todos os dias para ir trabalhar, fazê-lo e voltar ao nosso lar. Tem de haver algo que nos recorde instintivamente que tudo isto é mais do que dinheiro e mais que uma necessidade. Tem de haver profissionalismo, e o profissionalismo tem de ser saudável. Mais do que a necessidade de terminar com o produto feito, é a necessidade de estarmos bem, de estarmos em paz e de partilhar as horas de trabalho com outras gentes com as mesmas necessidades que nós. Tem de haver algo mais nisto, e algo mais que nos permita viver. 

Ontem foi uma bola de Berlim que uma colega ofereceu, no outro dia fui eu que partilhei um Porto, algures no tempo houve pastéis de nata, um almoço ou jantar de colegas. Rimos muito, porque rir é o melhor remédio para tudo. Tem de haver no tempo algo que nos faça acreditar que trabalhar para viver tem de dar para viver também.

Em volta todos nos reconhecem o esforço, o trabalho e a dedicação. Reconhecem no "bom descanso, até amanhã!" a mesma força que nos move a todos num ideal. Tem de haver ideal, tem de haver quem nos entenda e quem entenda o que estamos a fazer. A força do trabalho dá-nos vitalidade, o dinheiro os acessórios. 

Tem de haver algo, não tem?

pexels-photo-416405.jpeg 

hippie-mrec