Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

Ninguém se digna

Leviana a noite

Que passa o tempo

A misericórdia

E vai sussurrando ao vento

Essa moda do alento

Da burrice e da concórdia.

 

Entre a espada e a parede

Devia estar a vida e a morte

Que tudo o resto se resolverá

Ao acaso ou sem sorte

Que ninguém aqui é lorde

Nem santo ou entregue ao Deus dará.

hippie-mrec