Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Não gostas, queres ver!

26.01.18

Viver sorrindo e andando


Ninguém se acha

pai ou mãe

Da razão. 

Se o engodo desencanta

A expressão não colabora

As palavras se enrolam. 

 

Vivi noite e dia

para estar

para ser o que sou. 

Só não fiz o que não me competia

O que não me satisfazia 

O que fazia de mim

O que nunca fui. 

 

Então sorrimos. 

Sorrimos e andamos

Que às tantas, de tantas

Voltas que o mundo dá 

Viajamos e vivemos

Num total sorrindo

E estou-me cagandismo.